Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 34997661110
No comando: ESTE É O MATÉRIA PRIMA

Das às

No comando: PROGRAMA MADRUGA 10

Das 00:00 às 06:00

No comando: CAFÉ COM NOTICIA O JEITO 10 DE COMEÇAR O DIA

Das 07:00 às 09:00

No comando: PROGRAMA TERRITÓRIO NACIONAL – 1° EDIÇÃO

Das 09:00 às 09:25

No comando: PROGRAMA 10-80 – AOS SABADOS

Das 12:00 às 12:20

No comando: PROGRAMA 10-80 – 1° EDIÇÃO

Das 12:00 às 12:20

No comando: PROGRAMA 10 PLUGADA

Das 12:00 às 13:00

No comando: PROGRAMA TERRITÓRIO NACIONAL – 2° EDIÇÃO

Das 14:00 às 14:25

No comando: PROGRAMA 10-90 – AOS SÁBADOS

Das 15:00 às 15:20

No comando: PROGRAMA 10-90 – 1° EDIÇÃO

Das 15:00 às 15:20

No comando: PROGRAMA 10-80 – 2° EDIÇÃO

Das 18:00 às 18:20

No comando: PROGRAMA CLÁSSICO DO ROCK

Das 18:00 às 19:00

No comando: PROGRAMA TERRITÓRIO NACIONAL – 3° EDIÇÃO

Das 20:00 às 20:25

No comando: PROGRAMA 10-90 – 2° EDIÇÃO

Das 21:00 às 21:20

No comando: PROGRAMA DANCE DISCO CLUB

Das 22:00 às 00:00

No comando: PROGRAMA 10 BY NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Menu

Província chinesa de Hubei registra 42 novas mortes devido ao coronavírus

Província chinesa de Hubei registra 42 novas mortes devido ao coronavírus

A região registrou mais de 1,2 mil casos, contabilizando 5,8 mil no local.

A província chinesa de Hubei, epicentro da epidemia do coronavírus 2019 n-CoV, registrou 42 novas mortes e mais 1.220 casos confirmados. Com esses registros, pelo menos 212 pessoas morreram devido à doença na China, com mais de 9 mil infecções.

Mais cedo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência de saúde internacional. Os Estados Unidos, tiveram o primeiro caso de transmissão local. Itália, Índia e Filipinas registraram os primeiros casos confirmados, totalizando 20 países. No Brasil, o Ministério da Saúde monitora 9 casos suspeitos. (Leia mais abaixo)

Números do coronavírus em Hubei:

  • 5.806 casos confirmados e 804 deles são graves
  • 2.639 estão na cidade de Wuhan, onde ocorreram as primeiras infecções
  • Mais de 32 mil pessoas estão em observação

 

Deixe seu comentário: